Verdades Profundas

Sem fa­zer-se  anunciar e quase despercebida uma nova cruz introduziu-se nos círculos evangélicos dos tempos modernos. Ela se parece com a velha cruz, mas é diferente; as semelhanças são superficiais; as diferenças, fundamentais.

     Uma nova filosofia brotou desta nova cruz com respeito à vida cristã, e dessa nova filosofia surgiu uma nova técnica evangélica — um novo tipo de reunião e uma nova espécie de pregação. Este novo evangelismo emprega a mesma linguagem que o velho, mas o seu conteúdo não é o mesmo e sua ênfase difere da anterior.                (Continuar lendo)

Boas vindas, visitante, ao site oficial da Igreja de Deus em Cristo, Menonita do Brasil. Sinta-se à vontade para navegar o site, a livraria, a exposição de doutrinas, artigos inspiradores e folhetos bíblicos. Se preferir a versão de língua inglesa, clique aqui.

As doutrinas pelas quais a igreja se governa são os ensinamentos básicos de Jesus e os apóstolos. Cremos que estes ensinamentos não mudam com o tempo nem foram rescindidos ou anulados por Deus para acomodar as mudanças dos tempos. Enquanto tem havido alguma variação na aplicação prática de algumas destas doutrinas ao longo dos séculos em função das mudanças nos usos e costumes, mesmo assim o fundamento doutrinário básico continua inalterado, praticado e ensinado à luz do evangelho.

Assim foi montado este site para que a verdade não seja ofuscada nem frustrada pelos esforços do inimigo da nossa alma, que procura desviar as mentes e corações do Deus vivo. Nosso desejo é que os livros, folhetos e demais artigos possam iluminar a mente, o coração e o caminho de qualquer um que sabe ou que não sabe que há um Deus no céu e deseja chegar lá.

Porque está escrito: como eu vivo, diz o Senhor, que todo o joelho se dobrará a mim, e toda a língua confessará a Deus. De maneira que cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus”. Romanos 14:11-12

“Porque não me envergonho do evangelho de Cristo, pois é o poder de Deus para salvação de todo aquele que crê; primeiro do judeu, e também do grego” (Romanos 1:16).

 

Devido aos efeitos do pecado, todo ser humano é necessitado. Sem Cristo, todas as almas seriam condenadas. A natureza humana deseja e tem sede pelas coisas desta terra. Ela procura satisfazer esta sede, bebendo das águas estagnadas do mundo. Buscando prazeres, seguindo as modas e andando na busca de bens materiais, a nossa carne procura em vão matar a sua sede insaciável. Enquanto estas águas estagnadas oferecem algum prazer momentâneo, elas jamais proporcionam satisfação duradoura. Sempre continua a busca por mais e maiores divertimentos, aventuras e objetivos.

A alma tem sede das bênçãos de Deus. Ela almeja estar em paz e anda em comunhão com ele. A alma não deseja as coisas da terra porque deseja a água viva.

Divulgar conteúdo