Há dois grandes poderes neste mundo. Um é o poder de Deus e do seu reino. O outro é de Satanás e do seu reino. Cada um quer reinar em nosso coração.

         Satanás, o senhor do reino deste mundo, oferece mundos e fundos: uma vida fácil e alegre, festas, diversões, jogos, bebidas e drogas. O diabo tem grande prazer em nos ajudar a viver de acordo com os nossos desejos egoístas.

         Mas, prezado leitor, ele nunca oferece coisa alguma para a vida vindoura. Ele nunca fala do grande dia que nos espera no qual teremos que prestar contas. Não nos conta daquilo que espera seus seguidores, que é o “fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos” (leia Mateus 25:30-46). Ele também nunca fala do fato de que ele é responsável por todos os pecados, pela vergonha que as pessoas passam, pelas decepções e tristezas, que resultam na morte física e espiritual. Que senhor mais cruel!

         O outro Senhor é Deus. Veja bem a posição dele: “É-me dado todo o poder no céu e na terra” (Mateus 28:18). Você pode perguntar: “Qual é a recompensa que este Senhor nos oferece?” Ele próprio responde a esta pergunta: “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna” (João 3:16). A parte mais importante desta recompensa é a vida eterna, mas além disso, receberá “cem vezes tanto, já no presente, em casas, irmãos, irmãs, mães, filhos e campos, com perseguições, e no mundo por vir a vida eterna” (Marcos 10:30). Assim vemos que o Senhor Jesus tem uma recompensa de verdade, uma recompensa duradoura, reservada para aqueles que o servem fielmente, que começa já nesta vida e chega à sua plenitude na eternidade. “Mas, como está escrito: As coisas que o olho não viu, e o ouvido não ouviu, e não subiram ao coração do homem, são as que Deus preparou para os que o amam” (1 Coríntios 2:9).

         Como será gloriosa a recompensa celestial do Senhor! Quão diferente da de Satanás! Para receber esta bênção, temos que entregar nossa vida ao bom Senhor e obedecer à sua Palavra do fundo do coração. Temos que confessar e abandonar os nossos pecados. Ele pede que não pratiquemos os desejos da nossa carne. Nossa vida precisa ser pura, sincera e honesta. Devemos visitar os doentes, ajudar os pobres, amar a todos e lembrar deles em nossas orações.

        

         Eis o testemunho de um irmão:

         “Eu tive a experiência lamentável de passar uma fase de minha vida servindo a Satanás. O que eu mais queria durante este tempo era me divertir nos prazeres do mundo. Não pensava nos juízos de Deus que me esperavam.

         “Mas um dia cedo, enquanto deitado, o bom Senhor me fez uma visita muito especial. Ele me mostrou uma coisa das mais terríveis. Ao olhar para um lado, vi algo que parecia com um abismo cheio de fogo. As chamas devoradoras e a fumaça subiam até ao alto. Naquele momento eu senti que este seria o meu destino, o salário que receberia do senhor mau a quem eu servia. Seria ali que eu passaria a eternidade se não abandonasse a minha vida de pecado.

         “Prometi ao bom Senhor que o serviria todos os dias da minha vida se ele me aceitasse como filho e me salvasse de um destino tão terrível. Tem sido muito mais fácil servir a Deus do que ao outro senhor, pois ele me dá felicidade e satisfação, algo que Satanás era incapaz de fazer.”

         A recompensa da vida eterna será concedida a todos aqueles que o servirem fielmente. “Pois o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, em Cristo Jesus nosso Senhor” (Romanos 6:23).

         Prezado leitor, aceite este convite de entregar sua vida toda a este Senhor amoroso e verdadeiro. Jesus disse: “Eu sou o bom pastor…e dou a minha vida pelas ovelhas [nós]” (João 10:14-15). “Mas a todos os que o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus” (João1:12). Que privilégio! Quem serve a Deus não é apenas um servo, mas sim, o seu filho! Vire as costas a Satanás, aquele senhor que deseja ver você no inferno durante toda a eternidade. Venha a Jesus. Venha agora e permita que ele seja seu Senhor e Salvador, para assim sentir as alegrias da vida eterna.

 

Publicado pela Igreja de Deus em Cristo – Menonita